Por que escolhi o WordPress

Por que escolhi o WordPress

Ano: 2015. Meu site iria completar oito anos de vida. Estava desatualizado e não havia acompanhado a tendência mundial que ganhara força nos anos anteriores: a responsividade nos websites. Como havia escrito sobre este assunto em um post no ano passado, é fundamental usar este recurso para que o seu negócio seja bem visualizado em qualquer mídia, além de estar bem rankeado no Google. Diante do “problema”, pensei nesta possibilidade:

Como criar um site sem depender de um programador?

Algo impossível para mim, já que só mexia em divs (tableless) e css do jeito mais básico. Java Script? Só se “roubasse” de outro site. No meio dessa indecisão, ao conversar com um amigo designer, ele me disse que há templates pagos que têm layouts muito bons. Confesso que tinha um baita preconceito em relação a isso.

Como assim, um designer comprar um template se o que sei fazer melhor é justamente criá-lo?

Quando fui apresentada ao Theme Forest, meu mundo se abriu. Para quem não sabe, o Theme Forest é um mercado de venda de templates WordPress, com mais de 11 milhões vendidos mundialmente (dados de 2016). Ao comprar o template e instalá-lo, vi que, através de adaptações em cima da estrutura já montada, consegui personalizar o meu site de maneira simples e menos onerosa, pois não ficaria mais dependente de um profissional para criar o código.

Depois desta experiência própria e aplicada com os meus clientes, aconselho a qualquer empresa, especialmente pequena e média, a usar esta plataforma para a construção de websites. E, quando se fala exclusivamente de sites criados por gerenciadores de conteúdo – ferramentas que permitem que qualquer pessoa consiga criar sua página, mesmo que entenda nada sobre programação – os números são ainda mais impressionantes: 58% destes sites foram criados através do WordPress.

Vantagens do programa que listo abaixo:

1. Facilidade de edição de artigos, imagens, banners etc;
2. Praticidade para criação de novas áreas, menus e conteúdo;
3. Melhor rankeamento no Google;
4. Baixo custo de atualização e manutenção

Além disso, existe uma comunidade enorme com desenvolvedores que criam plugins – espécie de “programa” que adiciona recursos e funcionalidades ao template. Sempre tem algo bastante útil para acrescentar ao seu website!

Fáceis de criar, com todas as funcionalidades, cheio de facilidades e temas para turbiná-los, os sites em WordPress estão se tornando praticamente uma unanimidade na internet.

Sem comentários

Faça um comentário